TV CÂMARA

Contador de Visitas

Visitas

sábado, 28 de fevereiro de 2015

GOVERNO MUNICIPAL FIRMA ACORDO COM SERVIDORES DURANTE ASSEMBLEIA

O governo municipal de Icapuí, representado pelo prefeito Jerônimo Reis, secretários municipais e assessores técnicos, apresentaram na manhã desta terça-feira (24/2), durante assembleia promovida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais - SindiSerpumi, propostas de reajuste salarial e um conjunto de medidas a serem tomadas até o dia 30 de abril deste ano. O objetivo do poder executivo é promover ajustes e modificações necessárias para equilibrar as contas do município até o prazo solicitado, visando criar viabilidade financeira que permita a concessão do aumento salarial e outras reinvindicações apontadas pelos servidores públicos. Na ocasião, os mais de 170 servidores presentes puderam fazer interrogações aos representantes do governo e do sindicato, para dirimir eventuais dúvidas acerca da negociação. 
Assemblea
O presidente do SindiSerpumi, Francisco Celestino, iniciou a assembleia apresentando os pontos debatidos na assembleia anterior. Para Celestino, é crucial o governo municipal promover o enxugamento da máquina, para que possa manter um equilíbrio financeiro condizente com a realidade da administração pública.
Jerônimo Reis destacou a boa relação que tem mantido com os servidores e a entidade que os representa. Citou as enormes dificuldades financeiras que todos os municípios do país têm enfrentado, diante da limitação de recursos financeiros e a necessidade de adequação às normas da Lei de Responsabilidade Fiscal. "Está muito mais dificil de se governar hoje em dia", disse Jerônimo. Segundo ele, o governo municipal irá implementar uma série de medidas para a reorganização da estrutura administra, principalmente no tocante ao quadro de pessoal. "Há muitas coisas a serem corrigidas, revistas e realinhadas com a situação atual", concluiu Jerônimo. 
A situação financeira atual da Prefeitura Municipal de Icapuí foi demonstrada pela assessora contábil Cristina Araújo, da ATM. Fora apresentados dados técnicos sobre as receitas e despesas com pessoal, bem como a obrigatoriedade de se cumprir os limites legais dos percentuais de gasto com folha de pagamento. "Isso reflete diretamente no quesito de reajuste salarial pretendido pelos servidores, pois as partes deverão chegar a um acordo que seja viável economicamente para o governo municipal", acrescentou Cristina.
A assembleia acatou as proposições apresentadas pelo governo municipal, dando o prazo até o dia 30 de abril de 2015 para que as negociações do reajuste salarial e outras reivindicações possam ser retomadas de forma concreta.   
Fonte:

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More